domingo , 29 outubro 2017
Home / Polícia / Mulher grávida perde filho e tem útero retirado após sofrer assalto no Ceará.
Edivânia foi baleada na barriga quando os suspeitos fugiam do assalto (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Mulher grávida perde filho e tem útero retirado após sofrer assalto no Ceará.

Uma mulher grávida de cinco meses foi baleada na noite desta sexta-feira (27) e perdeu o bebê. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu no cruzamento das Ruas Leão Treze e Manoel Vitorino, no Bairro Salesiano, em Juazeiro do Norte, Região do Cariri do Ceará. Os suspeitos, segundo a polícia, são dois adolescentes que fugiram após roubar a moto da mulher.

O professor de educação física, Cielton Vieira, disse que ajudou a socorrer a mulher. “Estava ministrando uma aula aqui perto e uma das minhas alunas gritou dizendo que havia um assalto. Ouvi os tiros e a mulher grávida caiu na calçada. Ai todo mundo ajudou ela e levamos para o hospital”, disse.

A polícia afirmou também que Erivânia Martins não reagiu, mas, mesmo assim, foi atingida na barriga próximo as costelas. “Tivemos aqui uma grande fatalidade. Um crime perverso. Agora a Polícia Militar vai fornecer suporte para identificar e prender os suspeitos”, afirmou o tenente-coronel da PM, Cícero Brito.

A mulher foi encaminhada para o Hospital Regional do Cariri. Segundo a assessoria da unidade hospitalar, a mulher passou por uma operação que retirou do feto e, devido à gravidade do estado, o útero também precisou ser retirado. No momento ela se encontra na UTI ainda em estado grave, porém estável.

Investigação

“Tivemos aqui uma grande fatalidade. Um crime perverso. Agora a Polícia Militar vai fornecer suporte para identificar e prender os suspeitos”, afirmou o tenente-coronel da PM, Cícero Brito.

Os policiais analisam imagens da câmera de segurança de uma academia próxima o local do crime, no cruzamento das ruas Leão Treze e Manoel Vitorino, no Bairro Salesiano.

O professor de educação física, Cielton Vieira, disse que ajudou a socorrer a mulher. “Estava ministrando uma aula aqui perto e uma das minhas alunas gritou dizendo que havia um assalto. Ouvi os tiros e a mulher grávida caiu na calçada. Aí todo mundo ajudou ela e levamos para o hospital”, disse.

FONTE G1 CEARÁ

Sobre Jonathan Cavalcante

RADIALISTA DRT 6398/CE DA WEBRÁDIO JC FM DE SENADOR POMPEU-CEARA APRESENTANDO O PROGRAMA ESPAÇO ABERTO DE MEIO DIA AS 13, DE SEGUNDA A SEXTA.

Veja Também

MAIS UM HOMICIDIO A BALA EM SENADOR POMPEU.

SENADOR POMPEU JÁ FOI UMA CIDADE ONDE AS PESSOAS PODIAM FICAR NA RUAS TRANQUILAS, HOJE ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *